Te Conecta

Para pra pensar se esse é o teu lugar

Aquele bom em que deveria estar

Presta atenção só no som do mar

Que te conecta com Jah Jah

Olho vagarosa ao redor

Que raro brecha pra enxergar

Mesmo sem conseguir brecar

O que não se vê ainda está lá

Fardo pesado de carregar

Essa coisa do aparentar

Nesse corre-corre nem dá tempo de olhar

Mas a vida interna abre pra outro lugar

Puxa o ar do fundo

Longo e profundo

Solta com barulho

Joga fora pro mundo

Silêncio, silêncio

Eu quero escutar

O tudo e o nada interno que há

Para pra pensar se esse é o teu lugar

Aquele bom em que deveria estar

Presta atenção só no som do mar

Que te conecta com Jah Jah

Tão claro o tempo-espaço de ver com outros sentidos

Sentir o cheiro que o dia traz

Pude ser e estar sem precisar mostrar

Sem se preocupar se alguém vai aprovar

Testemunha da devida história ser

Legitimar o próprio olhar

O viés alheio não é o que valida você

Quero absorver sem ninguém mais precisar ver

Puxa o ar do fundo

Longo e profundo

Solta com barulho

E joga fora pro mundo

Silêncio, silêncio

Eu quero escutar

O tudo e o nada interno que há

Para pra pensar se esse é o teu lugar

Aquele bom em que deveria estar

Presta atenção só no som do mar

Que te conecta com Jah Jah

(Oh, seu lugar)

(Te conecta)

Connects You

Stop to think if this is your place.

That good one where you should be

Pay attention only to the sound of the sea

That connects you with Jah Jah

Slowly look around

What a rare gap to see

Even without being able to break

What you can’t see is still there

Heavy burden to carry

This thing of pretending

In this rat race, you don’t even have time to look

But the inner life opens to another place

Pulls the air from the bottom

Long and deep

Loose with noise

Throw it out to the world.

Silence, silence

I want to listen

The inner and all nothingness that there is

Stop to think if this is your place.

That good one where you should be

Pay attention only to the sound of the sea

That connects you with Jah Jah

So clear the time-space to see with other senses

Feel the smell that the day brings

I could be and be without showing

Without worry if someone will approve

Witness of due history be

Legitimate your own look

The bias of others is not what validates you

I want to absorb without anyone else needing to see

Pulls the air from the bottom

Long and deep

Loose with noise

Throw it out to the world.

Silence, silence

I want to listen

The inner and all nothingness that there is

Stop to think if this is your place.

That good one where you should be

Pay attention only to the sound of the sea

That connects you with Jah Jah

(Oh, your place)

(Connects You)